Emerson Alves
Emerson Alves

Design em foco

A casa como sinônimo de bem-estar entrou em pauta durante os eventos da DW! Semana de Design de São Paulo

Alice Ferraz, O Estado de S.Paulo

15 de novembro de 2020 | 05h00

Em um ano no qual a nossa relação com a casa chegou a novos patamares e o olhar para dentro ficou ainda mais apurado, a DW! Semana de Design de São Paulo, um dos cinco principais festivais de design do mundo, finalizou neste sábado (14) a sua nona edição com novos formatos. Foram sete dias de uma programação intensa, que contou com exposições e eventos digitais e físicos, em locais espalhados pela capital paulistana.

“Na nossa visão, faz parte do papel dos profissionais do segmento de arquitetura e design de interiores apresentar soluções para a sociedade”, explica Lauro Andrade, fundador e CEO da DW! na coletiva de imprensa virtual que abriu o evento. “Partimos de um raciocínio com base na definição de saúde dada pela OMS (Organização Mundial de Saúde)”, completa. Segundo o órgão: “Saúde, é um estado completo de bem-estar físico, social e mental e não apenas a ausência de doenças ou enfermidades”.

Leia Também

Mulher brasileira

Mulher brasileira

Partindo deste conceito, a DW! foi organizada sob o tema Design Pela Vida, estimulando os expositores a trazerem suas contribuições para o cenário atual. Entre as marcas de design participantes, a By Kamy, referência na produção de tapetes feitos no Brasil, integra a Semana de Design de São Paulo desde sua criação e chega ao nono ano de participação com uma proposta de reflexão sobre transformação.

Em Metamorfose, exposição que tomou a loja da marca na Alameda Gabriel Monteiro da Silva, foram reunidos três momentos diferentes para representar passado, presente e futuro. “Metamorfose é algo doloroso, não é uma coisa fácil, mas acreditamos que através dessa transformação profunda teremos um futuro melhor. Isso vale para a vida e para o design”, revela Francesca Alzati, diretora da By Kamy.

O passado foi representado na exibição Oriundi, que reuniu peças de designers brasileiros para mostrar as origens e a miscigenação do nosso País. O presente tomou forma pelas criações de Kiko Maldonado, diretor criativo do braço sustentável da marca, que dá nova vida às sobras de matéria-prima. A By Kamy Verde trouxe para a exposição uma série de mandalas e uma poderosa representação do Brasil em tapeçaria. A obra exalta a beleza das curvas das brasileiras, mas também faz referência às queimadas no Pantanal e ao desmatamento na Amazônia.

Outro destaque da DW! Semana de Design de São Paulo foi a Mostra Artefacto Beach & Country. Sob o conceito “O Essencial para Morar Bem”, a marca apresentou sua nova coleção de móveis criados sob curadoria dos arquitetos Roberto Cimino e Nelson Amorim.

As novas peças, cujas formas orgânicas ganham papel protagonista, foram inspiradas no conceito do “biorealismo”, referência ao trabalho do austríaco Richard Neutra, que associa o impacto benéfico do ambiente sobre a saúde do sistema nervoso humano. “Apostamos no diálogo: natureza, corpo humano e suas formas curvas”, contam Cimino e Amorim. A coleção está baseada no bem-estar que pauta o design pela vida e desenha um futuro que valoriza cada vez mais a harmonia e conexão emocional entre pessoas e ambientes.

Tudo o que sabemos sobre:
moda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.