Amy Sussman/Getty Images for Coachella
Amy Sussman/Getty Images for Coachella

Coachella se consolida como uma potente plataforma para marcas de moda

Inspirado no emblemático Woodstock, evento lança talentos musicais e afirma seu papel no mundo digital

Alice Ferraz, Moda

23 de abril de 2022 | 06h00

Entre as expressões culturais que permeiam a vida em sociedade, a música se liga à moda como tradução do espírito do tempo. O punk, por exemplo, que é caracterizado como um movimento de contracultura nascido em meados dos anos 1970 na Inglaterra, teve suas maiores manifestações e influências precisamente nessas duas áreas. 

Foi o berço de muitas bandas, como Sex Pistols, que transformou o movimento em um fenômeno de cultura global e encontrou em Vivienne Westwood um ícone de estilo que influenciou a forma como se vestiam seguidores do punk rock.

Podemos seguir entre cantores que inspiraram o mundo da moda com as suas roupas, como David Bowie; que se tornaram embaixadores de grandes grifes, como Jared Leto ou Dua Lipa; e ícones de estilo, como Rihanna e Lady Gaga.

Assim, é natural que festivais de música tenham no “dress code”, modo de vestir, um código importante para frequentar o espaço musical.

IMPACTO. Entre os festivais, um reinou absoluto na última semana em impacto nas mídias sociais, presença de celebridades, influenciadores e empenho dos visitantes na hora de escolher seus looks: o Coachella Valley music and Arts Festival, ou só Coachella para os íntimos. O evento, que nasceu em 1999, na Califórnia, nos Estados Unidos, recebeu em torno de 25 mil pessoas e teve problemas financeiros a ponto de não acontecer no ano seguinte. 

Em 2022, após um hiato de dois anos provocado pela pandemia, o festival voltou a acontecer no último dia 15 de abril e atraiu uma média de 125 mil pessoas por dia, sendo reconhecido como um dos mais lucrativos eventos de música dos Estados Unidos.

No universo digital, só neste ano, o evento já gerou mais de 11 milhões de streamings, segundo dados do Spotify, e é responsável pelo aumento de 350% das audições da música Trago Seu Amor de Volta, de Pabllo Vittar, a pop star brasileira que fez sua estreia no Coachella durante o último fim de semana.

Já no Instagram, a hashtag Coachella conta com mais de 5,2 milhões de menções e no TikTok acumula 2,4 bilhões de visualizações. 

MARCAS DE MODA. Com o sucesso midiático, o festival tornou-se palco para marcas de moda que contratam influenciadores, criam coleções especiais para a ocasião e pensam em estratégias de comunicação colocando o evento em posição de moeda social na era digital. Mostrar em suas mídias sociais que se está no Coachella e como se está vestido faz parte de um posicionamento jovem e de espírito livre.

A moda que se viu novamente no Coachella é o retrato do estilo boho – uma atualização da estética hippie – com jeans, quimonos, franjas, vestidos florais e crochê. Um festival que olha com saudosismo o emblemático Woodstock e se inspira nesse universo para criar desejos de moda e estilo de vida, sendo acompanhado globalmente em tempo real por milhões de pessoa.

Tudo o que sabemos sobre:
Pabllo VittarCoachellaAnittamoda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.