Bem-Estar: A saída é para dentro

Márcia De Luca conta como pequenas atitudes podem mudar sua relação com o corpo e a mente

Márcia de Luca, Moda

28 de março de 2020 | 17h00

De repente meu mundo tinha ficado chato. Eu trabalhava havia algum tempo para uma empresa de comércio exterior e, apesar de ser bem-sucedida para os padrões sociais, estava triste e perdida. Digo que foi essa frustração no trabalho e na minha vida pessoal que me catapultou para Nova Délhi, onde tive a chance de me reencontrar comigo mesma. Já era praticante da ioga e da meditação, mas foi lá que conheci a ayurveda e segui me aprofundando nos estudos dessa ciência milenar à qual me dedico até hoje.

Por meio do ayuryoga é possível mudar o seu eu interior e, se o mundo lá fora é reflexo do interno, que tal começar a mudança por você? Sugiro a você, portanto, incorporar duas atitudes diárias, simples: fazer uma pausa e respirar. Em um momento em que o excesso de informação gera ainda mais ansiedade e medo, é preciso pausar, silenciar e buscar um novo posicionamento com emoções positivas, intenção plena e profunda. 

Recomendo fazer esse exercício à noite, para acalmar, tranquilizar e ainda aumentar as defesas de seu sistema imunológico: o nadi-shodhana, o respiratório das narinas alternadas.

Com o polegar da mão direita, obstrua a narina direita e inspire profundamente pela esquerda. Com os pulmões cheios, troque a narina em atividade, obstruindo agora a esquerda e expirando pela direita. Repita o movimento alternando as narinas. Esse é um ciclo completo do nadi-shodhana: comece inspirando pela esquerda e termine expirando também pela esquerda.

Depois de fazer esse exercício, observe-se, ouça suas mensagens interiores com a mesma atenção que dá às mensagens do WhatsApp. Respeitar os sinais do seu corpo vai acalmar o sistema nervoso, combater o medo e a ansiedade, melhorar a digestão e elevar o seu sistema imunológico. O controle das toxinas por meio da respiração e meditação gera um equilíbrio perfeito na nossa fisiologia, conferindo não somente a ausência de doenças, mas um rejuvenescimento e contentamento para os seguidores dessas práticas tão simples quanto profundas.

Por isso, convido você para essa filosofia de vida, que nos confere energia, vitalidade, beleza e bem-estar. Namaskar!

Tudo o que sabemos sobre:
modarevista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.