Paris Filmes
Paris Filmes

Verona ganha 50 voluntárias para responder Cartas de Julieta

A primeira carta chegou nos anos 1930, sendo encontrada na suposta tumba da personagem do romance 'Romeu e Julieta'

Redação, ANSA

27 de julho de 2017 | 16h26

A cidade de Verona receberá a ajuda de 50 mulheres de diferentes nacionalidades para responder as tradicionais cartas de amor que chegam para Julieta Capuleto, personagem de William Shakespeare.

Escrever uma carta de amor e enviar para as "secretárias" de Julieta é uma das principais atrações turísticas do município desde o fim dos anos 1930, quando a primeira correspondência chegou.

O objetivo das novas ajudantes de Julieta, que possuem entre 20 e 60 anos de idade, é receber as cartas, ler, refletir e enviá-las respondidas para todas as partes do planeta.

Além disso, o Clube da Julieta, instituição que cuida dos serviços de correspondência, introduziu um prêmio literário chamado Scrivere per Amore (Escrever por Amor), que elegerá os melhores romances. A premiação será no dia 21 de outubro, em Verona.

A primeira carta chegou nos anos 1930, sendo encontrada na suposta tumba da personagem do romance "Romeu e Julieta". Ela foi respondida por um coveiro, começando aí um fenômeno mundial.

A demanda foi tanta que a Prefeitura de Verona oficializou há 25 anos o serviço "Clube da Julieta", que recebe 10 mil car

  tas por ano em vários idiomas. (ANSA)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.