Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Venda de ingressos da Flip 2017 começa na quarta, 28

Mais enxuta e plural, Festa Literária Internacional de Paraty será realizada entre os dias 26 e 30 de julho

Redação, O Estado de S. Paulo

26 de junho de 2017 | 19h50

Com orçamento menor este ano, a Festa Literária Internacional de Paraty (26 a 30/7) inicia nesta quarta-feira, 28, a venda dos ingressos dos debates que serão realizados, pela primeira vez, na Igreja da Matriz. Se antes, quando o festival ocorria na tenda com capacidade para 750 pessoas, a disputa por algumas mesas era grande, agora, com apenas 450 entradas disponíveis para o que estão chamando de Auditório da Matriz, a concorrência deve ser maior – apesar do preço mais alto (R$ 55 ante R$ 50 do ano passado).

A venda começa às 10 h, no site da Tickets for Fun (www.ticketsforfun.com.br) e nos pontos de venda, e segue até a véspera da Flip, 25 de julho, ou até os ingressos esgotarem. 

A venda é limitada a dois ingressos por CPF para cada mesa. As compras pela internet só podem ser feitas com cartão de crédito após cadastro no site da Tickets for Fun. Já as presenciais aceitam cartões de crédito e de débito (Amex, Dinners, Master, Visa e Elo), além do Vale Cultura). As compras presenciais só poderão ser realizadas pelo titular do cartão, com apresentação de documento com foto.

Quem não conseguir comprar ainda tem a opção de assistir à transmissão dos debates por um telão. Haverá 700 cadeiras – eram 200 no ano passado – e não há cobrança.

Neste ano, pela primeira vez, escritoras e artistas mulheres são maioria, e cerca de 30% dos convidados na programação oficial são negros. O escritor homenageado será Lima Barreto, e sua vida e obra vão dominar boa parte dos encontros.

Entre os convidados brasileiros, destaque para Maria Valéria Rezende, Conceição Evaristo, Luciana Hidalgo, Carol Rodrigues, Adelaide Ivánova, Julián Fux e Alberto Mussa. Já entre os estrangeiros, Diamela Eltit (Chile), Scholastique Mukasonga (Ruanda), William Finnegan e Paul Beatty (EUA), Sjón (Islândia) e Marlon James (Jamaica), vencedor do Booker Prize com Breve História dos Sete Assassinatos

Ao longo de sua história, a Festa Literária Internacional de Paraty recebeu nomes como Eric Hobsbawn, Julian Barnes, Amós Oz, J. M. Coetzee, Neil Gaiman, Pepetela, Enrique Vila-Matas, João Ubaldo Ribeiro, Luis Fernando Verissimo, Antonio Lobo Antunes, Jhumpa Lahiri, Elizabeth Roudinesco e Chimamanda Ngozi Adichie. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.