Jessica Gow/Reuters
Jessica Gow/Reuters

Sueco Tomas Tranströmer vence Nobel de Literatura

Escritor foi o sétimo sueco a vencer o prêmio criado em 1901

estadão.com.br

06 de outubro de 2011 | 08h03

O sueco Tomas Tranströmer é o vencedor do Prêmio Nobel de Literatura. O nome foi anunciado pela Academia Sueca na manhã desta quinta-feira, 06, em Estocolmo. Ele ganhou "porque por meio de suas imagens condensadas e translúcidas, ele nos dá novo acesso à realidade".

Tranströmer é escritor, poeta e tradutor. Ele também já atuou como psicólogo antes de sofrer um derrame cerebral em 1990. Ele é o sétimo sueco a vencer o Nobel de Literatura.

Antes dele, Harry Martinson ganhou em 1974, Nelly Sachs, em 1966, Pär Lagerkvist, em 1951, Erik Axel Karlfeldt, em 1931, Verner von Heidenstam, em 1916 e Selma Lagerlöf, em 1909.

 

Os últimos ganhadores do Nobel de Literatura:

2010 - Mario Vargas Llosa (Peru)

2009 - Herta Müller (Alemanha)

2008 - Jean-Marie Gustave Le Clézio (França)

2007 - Doris Lessing (Inglaterra)

2006 - Orhan Pamuk (Turquia)

2005 - Harold Pinter (Inglaterra)

2004 - Elfriede Jelinek (Áustria)

2003 - J. M. Coetzee (África do Sul)

2002 - Imre Kertész (Hungria)

2001 - V. S. Naipaul (Inglaterra)

2000 - Gao Xingjian (China)

1999 - Günter Grass (Alemanha)

1998 - José Saramago (Portugal)

1997 - Dario Fo (Itália)

1996 - Wislawa Szymborska (Polônia)

Tudo o que sabemos sobre:
Tomas TranströmerNobel de Literatura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.