Estadão
Estadão

Saraiva vai fechar sete lojas em São Paulo, Brasília e outras cidades

Segundo a empresa, decisão seguiu critérios de resultados de vendas e custos operacionais; sete lojas já estão com o encerramento em andamento

Redação, O Estado de S. Paulo

13 de maio de 2020 | 16h11

Em comunicação aos colaboradores enviada nesta terça-feira, 12, a rede de livrarias Saraiva anunciou o fechamento de sete lojas por conta do impacto econômico da pandemia. As unidades com o encerramento em andamento, previsto para concluir até junho, ficam em São Paulo (Shopping Metrô Santa Cruz, Mooca Plaza Shopping e Shopping Vila Olímpia), Brasília (Shopping Conjunto Nacional), Belo Horizonte (Diamond Mall), Canoas (Park Shopping Canoas) e São Caetano do Sul (Park Shopping São Caetano).

Outras 12 lojas da rede estão em negociação sobre o CTO (custo total de ocupação) com as administradoras, mas em caso de insucesso, o encerramento também deve ocorrer até junho. As unidades nessa lista: Rio de Janeiro (Botafogo Praia Shopping, Mega Ouvidor, Ilha Plaza Shopping, Shopping Recreio), São Paulo (Shopping Eldorado, Shopping Center Norte), Recife (Shopping Recife, RioMar Shopping), Porto Alegre (Moinhos Shopping), Salvador (Iguatemi Salvador), Londrina (Boulevard Londrina) e Santo André (Shopping ABC). 

"Com nossas lojas fechadas, algumas desde 23 de março de 2020, nossa geração de receita deixou de acontecer", diz a carta. "Adotamos até aqui inúmeras medidas, tais como renegociação de pagamentos a fornecedores e parceiros, suspensão de contratos, redução de jornada, buscando garantir a sustentabilidade do negócio, com a maior empregabilidade possível."

"Esse é um momento extremamente difícil de enfrentar e sabemos que impactará muitos que nos ajudaram a chegar até aqui. Mas precisamos ser racionais e buscar equalizar os custos", diz o texto, assinado pelo diretor de negócios da Saraiva, Deric Guilhen.

O Estado procurou a Saraiva para comentar os fechamentos. Assim que a resposta for enviada, acrescentaremos aqui o posicionamento da rede.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.