Reprodução
Reprodução

Primeira edição de 'O Capital', de Karl Marx, pode alcançar US$ 173 mil em leilão

Volume de 1867 é autografado por Marx e dedicado a Johann Eccarius

Redação, EFE

07 de junho de 2016 | 12h02

Um volume da primeira edição de O Capital, de Karl Marx (1818-1883), com o autógrafo do autor e presenteada ao amigo Johann Eccarius, será leioloada pela Bonham, em Londres, no dia 15 de junho.

Segundo a casa de leilões, o livro tem um valor estimado entre 80 mil e 120 mil libras (US$ 115 mil a US$ 173 mil).

"Trata-se de uma sensacional e importante cópia de um livro que mudou o mundo. Tanto Marx quanto Eccarius foram figuras importantes durante o difícil nascimento do comunismo e desfrutaram de uma relação pessoal estreita durante muitos anos até que o ciúmes e as diferenças políticas os separeassem", ressaltou o especialista em livros Simon Roberts.

O volume traz a data de 18 de setembro de 1867, quatro dias depois da publicação da primeira edição, e é um dos únicos que haviam sobrevivido ao tempo, de acordo com a Boham.

O Capital, um tratado crítico da economia política, é formado por três volumes - o primeiro deles foi publicado em vida por Marx e os outros dois foram organizados por seu amigo e colaborador Friedrich Engels a partir de notas do autor. A obra foi lançada entre 1885 e 1894.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.