EFE|Bonham
EFE|Bonham

Primeira edição de 'O Capital', de Marx, é leiloada por US$ 309 mil

O livro que leva a assinatura de Karl Marx foi dado para seu amigo Johann Eccarius

EFE, O Estadão de S. Paulo

15 de junho de 2016 | 15h24

Uma primeira edição única de O Capital, de Karl Marx (1818-1883), foi vendida em Londres pode 218.500 £ ( US $ 309.000) por 218,500 libras (US $ 309.000). O livro que tem a assinatura do autor foi presenteada a seu amigo Johann Eccarius, segundo a Casa Bonham.De acordo com a Efe, a operação foi forjada por telefone e a obra, que estava estimada entre 80.000 e 120.000 libras (entre 115.000 e 173.000 dólares), foi comprada por um colecionador europeu, dos quais nenhum detalhe foi revelado para não quebrar a confidencialidade.

Marx e Eccarius eram figuras importantes durante o difícil nascimento do comunismo e tiveram uma relação estreita por muitos anos até que o ciúmes e as diferenças políticas os separaram, de acordo com o especialista em livros Simon Roberts.A obra é de 18 de Setembro de 1867, quatro dias após a publicação do primeiro volume, e é uma dos poucas cópias que sobreviveram, de acordo com Bonham. O Capital, uma crítica tratado de economia política de Marx, consiste em três volumes, dos quais o primeiro foi publicado em vida, mas os outros dois, publicados por seu amigo e colaborador Friedrich Engels, a partir de notas do autor.

Em 1846, Marx e Engels, então a viver em Bruxelas, foram convidados a participar do campeonato, e um ano depois participaram do segundo congresso de organização em Londres, onde se encontraram com Eccarius.  O homem era um alfaiate que entrou para o ramo Liga britânica da organização Righteous, apoiada por alemães que emigraram em 1839.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.