Cristina Quicler/AFP
Cristina Quicler/AFP

Primavera Literária Brasileira é cancelada em seis países por causa do coronavírus

Série de encontros levaria cerca de 70 escritores brasileiros para encontros em escolas e universidades estrangeiras

Maria Fernanda Rodrigues, O Estado de S. Paulo

12 de março de 2020 | 08h13

A Primavera Literária Brasileira, que promove encontros entre escritores brasileiros e alunos de português de escolas e universidades estrangeiras, acaba de cancelar a edição que seria realizada nos Estados Unidos em abril e a que seria promovida em junho na Alemanha, por causa do coronavírus

Professor da Universidade de Sorbonne e idealizador do projeto, que realizaria agora sua 7.º edição em seis países, Leonardo Taonus já havia cancelado a programação da França, Itália, Bélgica e Portugal também por causa da evolução do coronavírus. Portanto, a Primavera Literária não vai acontecer em 2020.

Com o tema Brasil: (im)Possíveis Diálogos, a Printemps Littéraire Brésilien receberia cerca de 70 autores nesses seis países em 2020. Entre eles, Rodrigo Ciríaco, Márcia Tiburi, Martha Batalha, Nathalia Borges Polesso, Wagner Schwartz, Wallace Andrade, Maira Garcia e Daniela Kopsch.

O objetivo do projeto é fomentar a descoberta e a leitura da literatura brasileira. Estavam programados mesas-redondas, ateliês de escrita criativa, de contação de histórias e de ilustração e saraus, além de lançamento de livros.

Eventos literários e culturais cancelados por causa do coronavírus

O coronavírus, que se espalha pelo mundo, já foi responsável pelo cancelamento da Feira do Livro Infantil de Bolonha, do Salão do Livro de Paris e da Feira do Livro de Londres, os três eventos literários mais importantes do primeiro semestre.

Ele também tem sido responsável pelo fechamento de museus, cancelamento ou adiamento de outros eventos de grande porte, como shows, festivais de música (o Coachella, nos EUA) e de séries (o Séries Mania, na França), entre tantos outros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.