'Prefácio' de Harry Potter alcança US$49 mil em leilão

Um texto manuscrito com 800 palavras emque J.K. Rowling escreve uma espécie de prefácio à história deHarry Potter foi vendido na terça-feira por 25 mil libras (49mil dólares) num leilão beneficente. Treze autores e ilustradores doaram contos e desenhosoriginais em cartões do tamanho de cadernos para a rede delivrarias Waterstone, que os leiloou em benefício das entidadesEnglish PEN (que defende a liberdade de expressão) e DyslexiaAction (em prol de vítimas da dislexia). A história de Rowling representou mais de metade daarrecadação total da noite, 47.150 libras, mas mesmo assim ovalor é irrisório para os padrões do mercado editorial. Em dezembro, um livro ilustrado de magia, escrito à mão porRowling, alcançou 1,95 milhão de libras em outro leilãobeneficente -- quase 40 vezes o preço previsto. "Eu me diverti muito escrevendo o cartão, e estouabsolutamente satisfeita que tenha alcançado 25 mil libras paraduas causas que valem tanto a pena", disse em nota a escritora,de 42 anos. A história se passa três anos antes de Harry Potter nascer,e apresenta os personagens Sirius Black e o pai do futuro mago,James. O texto começa com os ainda jovens Sirius e Jamesencurralados por dois policiais irados, ao final de umaperseguição de moto. Após trocarem algumas palavras com ospoliciais, os dois adolescentes fogem graças a um toque demágica. O cartão termina com a seguinte frase: "Do prefácio no qualnão estou trabalhando -- mas que foi divertido!" -- umaaparente referência às constantes especulações de que Rowlingestaria planejando ou já escrevendo uma oitava aventura dasérie. O sétimo volume, lançado há quase um ano, foi o livro comvendas mais rápidas na história. Os sete tomos já venderam mais de 350 milhões de exemplaresno mundo, em inglês e 65 outras línguas. Acredita-se queRowling seja a primeira escritora bilionária da história. No leilão da livraria, um conto da Nobel de LiteraturaDoris Lessing foi vendido por 3.000 libras. Tambémparticiparam, entre outros, o dramaturgo Tom Stoppard (4.000libras), o ilustrador Axel Scheffler (2.700) e o romancistaSebastian Faulks (2.500). As histórias poderão ser lidas a partir de quarta-feira nosite www.waterstones.com.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.