Luk Marscas/ Divulgação
Luk Marscas/ Divulgação

Obra mais lida depois da Bíblia, 'O Pequeno Príncipe' completa 70 anos

Escrito por Antoine de Saint-Exupéry, livro foi publicado pela primeira vez em 1943

EFE

13 Dezembro 2016 | 16h37

O governo francês prestou homenagem nesta terça-feira, 13, à memória do célebre escritor e aviador Antoine de Saint-Exupéry pelo 70º aniversário da publicação na França do livro O Pequeno Príncipe, a obra mais lida no mundo depois da Bíblia.

Em uma exclusiva cerimônia no Panteão de Paris, o ministro da Defesa, Jean-Yves Le Drian, e a ministra de Cultura, Audrey Azoulay, renderam homenagens e colocaram flores junto à placa comemorativa de Saint-Exupéri.

O livro foi publicado pela primeira vez em 1943 nos Estados Unidos pela editora americana Reynal & Hitchcock, mas na França foi lançado pela editora Gallimard três anos mais tarde, ao fim da Segunda Guerra Mundial.

A história, que tem grande similaridade com um acidente aéreo que o autor sofreu em 1935 no Deserto do Saara, mostra "o compromisso humanista" de Saint-Exupéry, enfatizou Audrey.

O Pequeno Príncipe é a obra literária mais traduzida no mundo (270 idiomas) depois da Bíblia e vendeu mais de 145 milhões de exemplares.

Durante a homenagem, a ministra da Cultura destacou o "compromisso", "grande alma" e "valores de humanidade e fraternidade" que Saint-Exupéry transmitia graças à sua independência de espírito.

Também participaram das homenagens familiares de Antoine Saint-Exupéry e membros do Exército do Ar, do qual o escritor fez parte durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Por sua vez, Jean-Yves Le Drian destacou a influência que a carreira de aviador de Saint-Exupéry teve sobre as obras do escritor.

Já Audrey Azoulay ressaltou que "é impossível citar apenas homem das letras, como também é impossível citar apenas o homem aviador", já que, para ele, "voar era uma inspiração em sua vida pessoal e em sua vida como artista".

 

 

Mais conteúdo sobre:
Literatura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.