Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Obra de Antonio Candido será editada pela Todavia

Projeto de reedição envolve 17 livros, entre os quais o clássico 'Formação da Literatura Brasileira'

Redação, Estadão

13 de maio de 2022 | 13h48

A editora Todavia será a responsável pela obra de Antonio Candido (1918-2017). Professor, crítico literário e idealizador do Suplemento Literário, do Estadão, ele vinha sendo publicado pela Ouro Sobre Azul, editora de sua filha Ana Luisa Escorel.

No contrato estão 17 livros, entre eles uma edição especial da Formação da Literatura Brasileira. As novas edições vão começar a chegar às livrarias no primeiro semestre de 2023.

“A Todavia tem a grande responsabilidade de dar continuidade ao trabalho de excelência feito pela Ouro sobre Azul”, disse a editora em comunicado. “O desafio será manter a qualidade impecável das edições atuais com novos projetos gráficos, ampliar a circulação dentro e fora do país e mostrar às novas gerações a atualidade de uma obra inesgotável e decisiva.”

No comunicado, Ana Luisa Escorel, que editou a obra do pai entre 2006 e 2022, disse: “Agora, sob os cuidados da Todavia, um público mais amplo poderá entrar em contato com essa obra fundamental da cultura brasileira”.

Segundo a editora, a aproximação entre as duas editoras contou com a consultoria de Paulo Gurgel Valente, da ProFit e filho de Clarice Lispector.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.