REUTERS/Neil Hall
REUTERS/Neil Hall

Novo livro de Harry Potter vende 2 milhões de exemplares nos EUA

Em apenas dois dias de comercialização, 'Cursed Child' já um sucesso editorial absoluto

AP

03 de agosto de 2016 | 12h04

NOVA YORK - Nem o musical Hamilton poderia igualar esses números: o texto de Harry Potter and the Cursed Child, uma obra teatral de duas partes que se apresenta em Londres, vendeu mais de dois milhões de cópias em dois dias nos Estados Unidos, anunciou a editora Scholastic nesta quarta-feira, 3.

A cifra está muito abaixo dos 8,3 milhões de exemplares que vendeu Harry Potter e as Relíquias da Morte, o último romance da série de J. K. Rowling, mas ainda assim está entre os livros que mais rapidamente se venderam na história, e é uma cifra notável por se tratar de uma obra teatral.

O texto de Hamilton também foi um best-seller este ano.

Enquanto isso, a editora britânica Little, Brown Book Group anunciou que mais de 680 mil cópias foram vendidas nos primeiros três dias no Reino Unido. A diretora de aquisição da Waterstones, Kate Skipper, disse em um comunicado que nenhum livro de capa dura havia sido vendido tão rapidamente no Reino Unido desde O Símbolo Perdido, de Dan Brown, em 2009.

O texto de Cursed Child recebeu críticas diversas, mas o livro está no topo das vendas da Amazon.com e da Barnes&Noble.com, e em todos os EUA os fãs apareceram com festas no lançamento.

Vários livros anteriores de Rowling apareceram nas listas de mais vendidos ultimamente.

 

Mais conteúdo sobre:
Harry Potter

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.