Ann Summa/The New York Times
Ann Summa/The New York Times

Nobel de Literatura 2020 será divulgado em 8 de outubro; veja a lista dos principais concorrentes

Caribenha Jamaica Kincaid é considerada favorita

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

01 de outubro de 2020 | 10h31

A pandemia do novo coronavírus e as questões sociais deverão influenciar as escolhas do Prêmio Nobel, cujos ganhadores deste ano serão divulgados na próxima semana. Para o de Literatura, que será conhecido no dia 8, a escritora caribenha Jamaica Kincaid, das ilhas Antígua e Barbuda, é apontada como uma das favoritas. Ela é conhecida por explorar o racismo, o colonialismo e as questões de gênero.

"Kincaid e suas posições sobre várias questões políticas e morais são absolutamente dignas de atenção hoje", disse Bjorn Wiman, editor de Cultura do maior jornal diário da Suécia, o Dagens Nyheter. No Brasil, o livro Lucy foi publicado pela Objetiva em 1994 e se encontra esgotado.

No entanto, a Academia Sueca também pode "tirar a poeira de alguns candidatos antigos", como o húngaro Peter Nadas, o albanês Ismail Kadaré ou o romeno Mircea Cartarescu.

Por sua vez, Madelaine Levy, crítica literária do jornal Svenska Dagbladet, disse que espera que a laureada seja a escritora americana Joan Didion.

A poetisa canadense Anne Carson também emergiu como uma vencedora potencial, junto com os “suspeitos de sempre” Ngugi wa Thiong do Quênia, o romancista francês Michel Houellebecq, as americanas Joyce Carol Oates e Marilynne Robinson, o israelense David Grossman e a canadense Margaret Atwood. Também desponta nas bolsas de apostas a escritora britânica Hilary Mantel, cujo nome geralmente não é lembrado para o Nobel.

Este ano, a tradicional cerimônia de premiação em Estocolmo, em dezembro, foi cancelada devido à pandemia e substituída por um programa de televisão no qual os vencedores receberão seus prêmios em seus países de origem. / Com agências internacionais

Veja a lista dos favoritos nas bolsas de apostas:

Jamaica Kincaid, de Antígua e Barbuda

Ismail Kadaré, da Albânia

David Grossman, de Israel

Margaret Atwood, do Canadá

Joyce Carol Oates, dos Estados Unidos

Marilynne Robinson, dos Estados Unidos

Peter Nadas, da Hungria

Hilary Mantel, da Inglaterra

Ngugi wa Thiong, do Quênia

Mircea Cartarescu, da Romênia

Michel Houellebecq, da França

Lista com vencedores do Nobel em anos anteriores: 

2019

Peter Handke – Áustria

2018

Olga Tokarczuk – Polônia

2017

Kazuo Ishiguro – Grã Bretanha

2016

Bob Dylan – EUA

2015

Svetlana Aleksiévitch – Rússia

2014

Patrick Modiano – França

2013

Alice Munro – Canadá

2012

Mo Yan – China

2011

Tomas Tranströmer – Suécia

2010

Mario Vargas Llosa – Peru

2009

Herta Müller – Romênia

2008

Jean-Marie Gustave Le Clézio – França

2007

Doris Lessing – Grã Bretanha

2006

Orhan Pamuk – Turquia

2005

Harold Pinter – Inglaterra

2004

Elfried Jelinek – Áustria

2003

J. M. Coetzee – África do Sul

2002

Imre Kertész – Hungria

2001

V. S. Naipaul – Grã Bretanha

2000

Gao Xingjian – China


 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.