Nilton Fukuda/AE
Nilton Fukuda/AE

Nélida Piñon ingressa na Real Academia Galega

Escritora brasileira foi nomeada embaixadora da Galícia

EFE

29 Setembro 2014 | 11h23

LA CORUÑA - A brasileira Nélida Piñon, premiada pelo Príncipe de Asturias das Letras, em 2005, se tornou embaixadora de Galícia, no Norte da Espanha, na Real Academia Galega. A escritora fez seu primeiro discurso na academia neste sábado, 27.

Primeira mulher a presidência da Academia Brasileira de Letras e integrante da Academia Mexicana da Língua, Nélida foi eleita em março por unanimidade da Real Academia Galega. A instituição foi criada em 1906 para promover, estudar e preservar a cultura e a língua galega.

Com o título A épica do coração, Nélida Piñon evocou, em seu discurso, a importância de sua residência galega, além da aprendizagem desde criança da cultura da terra de seus pais. "É uma grande honra ser a primeira brasileira a ser nomeada na academia galega", disse a escritora em entrevista à EFE.

Nascida no Rio de Janeiro, em 1937, a escritora tem descendência galega. Nélida é autora de obras, como A doce canção de Caetana, Vozes do deserto e Aprendiz de Homero.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.