Virginia Farneti/ANSA via AP
Virginia Farneti/ANSA via AP

Morre o escritor italiano Luciano De Crescenzo

Luciano De Crescenzo levou a filosofia ao grande público; italiano tinha 90 anos e morreu em Roma

Redação, O Estado de S. Paulo

18 de julho de 2019 | 18h37

Luciano De Crescenzo, escritor, cineasta, ator e apresentador de televisão italiano, morreu nesta quinta-feira, 18, aos 90 anos. Ele tinha uma doença neurológica, estava hospitalizado e morreu em Roma. Nascido em Nápoles, em 20 de agosto de 1928, De Crescenzo é autor do best-seller Così parlò Bellavista, publicado em 1977 e que inspirou um filme com o mesmo nome.

Com mais de 40 obras produzidas e traduzidas em 21 idiomas, com 14 milhões de cópias vendidas em todo o mundo, o escritor italiano que levou a filosofia ao grande público começou sua carreira como engenheiro da IBM e largou tudo nos anos 1970 para se dedicar à escrita.

No Brasil, os seguintes títulos estão disponíveis na versão impressa ou digital, pela Rocco: História da Filosofia Grega, História da Filosofia Moderna, História da Filosofia Medieval e Ordem e Desordem. / COM ANSA

Tudo o que sabemos sobre:
literaturafilosofia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.