Morre o escritor americano Harlan Ellison aos 84 anos

Morre o escritor americano Harlan Ellison aos 84 anos

Premiado autor de ficção científica roteirizou episódios de 'Star Trek' e teve livros adaptados para o cinema

O Estado de S.Paulo

28 Junho 2018 | 18h49

O escritor e roteirista americano Harlan Ellison morreu nesta quarta, 28, aos 84 anos em sua casa, em Los Angeles. Segundo sua mulher, Susan Ellison, o autor de diversos contos, novelas e romances de ficção científica morreu enquanto dormia. 

+Os episódios favoritos dos fãs de 'Star Trek'

+Os melhores capitães de 'Star Trek'

Um dos mais importantes trabalhos de Ellison foi A Boy and his Dog (O Menino e Seu Cachorro), livro pós-apocalítico de 1969 que foi adaptado para o cinema em 1975 por L.Q. Jones.

Seu conto Eu Não Tenho Boca e Preciso Gritar, de 1967, foi adaptado em 1995 como um jogo de computadores e é considerado uma das melhores histórias de terror da ficção científica, na qual um computador extermina a humanidade e mantém apenas cinco pessoas vivas, torturando-as por meio de jornadas em realidade virtual que exploram seus medos.

Em sua carreira, Harlan Ellison foi laureado pelos mais relevantes prêmios da literatura fantástica - Hugo, Nebula e Locus - diversas vezes, especialmente por seus contos. 

Como editor, Ellison organizou diversas antologias de ficção científica, abrindo espaço para outros autores, como Philip K. Dick, Philip José Farmer, J.G. Ballard e Frederick Pohl em coletâneas como Dangerous Visions (1967) e Again, Dangerous Visions (1972).

Ellison assinou o roteiro de episódios da série original de Star Trek e de The Alfred Hitchcock Hour, nos anos 1960, de The Starlost, na década de 1970, e de Twilight Zone, nos anos 1980.

Em 2017, uma biografia de Ellison, A Lit Fuse: The Provocative Life of Harlan Ellison, an Exploration, foi publicada. 

Mais conteúdo sobre:
literatura Harlan Ellison

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.