Sophia Evans / CP
Sophia Evans / CP

Morre o astro de 'Um Gato de Rua Chamado Bob'

Livro que conta a história do felino e seu dono, James, vendeu mais de 1 milhão de exemplares

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de junho de 2020 | 08h10

Morreu nesta segunda-feira, o felino astro da história Um Gato de Rua Chamado Bob, aos 14 anos. O animal foi adotado pelo escritor James Bowen em 2007, quando ainda era um morador de rua, e a história virou uma série de livros, entrando para a lista de best-seller do The New York Times e The Sunday Times. A história também ganhou adaptação para o cinema.

O anúncio foi feito na página de Bob, no Facebook. "James Bowen diz que "Bob salvou minha vida. É simples assim. Ele me deu muito mais que companhia. Com ele ao meu lado, encontrei uma direção e um objetivo que estava perdendo.", informa o texto.

Antes de conhecer Bob, James vivia em um abrigo em Londres, enquanto se tratava do vício em drogas. Um dia, encontrou o gato amarelo nas ruas e o levou ao veterinário. Depois disso, o gatinho começou a segui-lo. 

A dupla ganhou fama pelas ruas de Londres, e muitos videos surgiram no YouTube. James foi procurado por uma editora para contar sua história com Bob. O livro Um Gato de Rua Chamado Bob vendeu mais de 1 milhão de cópias no Reino Unido e foi traduzido para mais de 30 idiomas. 

Mais tarde outros títulos integraram a série, como Mundo Pelos Olhos de Bob e Bob – Um Gato Fora do Normal.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.