AFP
AFP

Morre, aos 96 anos, Richard Adams, autor de 'A Longa Jornada'

Obras foi levado aos cinemas como desenho animado, que posteriormente se tornou uma série de televisão

AFP

27 Dezembro 2016 | 18h14

O escritor britânico Richard Adams, autor do romance para crianças e jovens "A longa jornada" ("Watership Down"), que conta a história de um grupo de coelhos, morreu aos 96 anos, segundo informações divulgadas nesta terça-feira, 27.

"A querida família de Richard anuncia com tristeza que seu amado pai, avô e bisavô morreu pacificamente às 22H00 (locais) da noite de Natal", de acordo com um comunicado.

 

Este romance de Adams conta a história de uma comunidade de coelhos que procura um novo lar após a destruição de sua toca, enfrentando vários perigos durante o caminho.

O livro, seu primeiro romance, foi publicado em 1972, e em 1978 foi levado para os cinemas como desenho animado, que posteriormente se tornou uma série de televisão.

Durante uma entrevista, Adams comentou que a ideia do livro surgiu após uma longa história que contou para suas duas filhas, quando eram pequenas, durante uma viagem de carro. Por isso, o romance é dedicado a elas.

"A longa jornada" é muito usado nas escolas britânicas e por conta disto o autor criou o "Lapine", uma linguagem fictícia de coelhos.

Outras de suas obras conhecidas são "Shardik" e "The Plague Dogs", todas com animais sendo protagonistas.

 

Mais conteúdo sobre:
Richard Adams Literatura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.