Tom Jamieson/The New York Times
Tom Jamieson/The New York Times

Morre aos 94 anos a escritora transgênero Jan Morris, que anunciou a conquista do Everest

Além de sua companheira Elizabeth Tuckniss, com quem se casou aos 23 anos, ela deixa cinco filhos

AFP, Redação

21 de novembro de 2020 | 13h04

A jornalista e escritora britânica Jan Morris, que deu ao jornal Times a exclusiva sobre a conquista do Everest, morreu nesta sexta-feira (20), aos 94 anos, anunciou um de seus filhos em um comunicado. 

"Nesta manhã às 11h40, a autora e viajante Jan Morris começou sua viagem mais longa. Deixa para trás sua companheira de toda a vida, Elizabeth", declarou Twm, citado pela BBC.

Jan Morris ficou conhecida por ter transmitido à sua redação a histórica exclusiva da conquista do Everest em 1953, graças a uma mensagem criptografada.

Naquela época, havia uma grande concorrência entre os meios de comunicação, mas o Times era o único que tinha uma jornalista na expedição, Jan Morris, que aos seus 26 anos descobriu o alpinismo.

Vários anos após esta exclusiva, Jan Morris abandonou o jornalismo para se dedicar à literatura. Escreveu mais de quarenta livros, incluindo obras sobre o império britânico. 

Ensaísta, historiadora, jornalista e também cronista, além de ter escrito mais de 40 livros, teve sua vida cmas foi somente quando sua última obra, In My Mind’s Eye (Pelos Olhos da Minha Mente, em tradução livre), foi adaptada para a rádio BBC sob a forma de um seriado, no fim do ano passado, que muitos de seus vizinhos se deram conta de que ela era uma celebridade.

Nascida James Humphrey Morris, em 1926 em Somerset, Inglaterra, a britânica Jan Morris teve sua última In My Mind's Eye adaptada para a TV pela BBC. Mulher transgênero, a escritora oficializou sua transição em 1972, adotando definitivamente o nome de "Jan".

Além de sua companheira Elizabeth Tuckniss, com quem se casou aos 23 anos, ela deixa cinco filhos (um deles morreu ainda criança). 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.