Mexicano José Emílio Pacheco ganha prêmio Cervantes 2009

O escritor mexicano José Emílio Pacheco recebeu o prêmio Cervantes 2009, anunciou nesta segunda-feira a ministra da Cultura espanhola, Angeles González Sinde.

REUTERS

30 de novembro de 2009 | 14h10

O Cervantes é o mais importante prêmio literário da língua castelhana. Ele é acompanhado de 125 mil euros e destaca o trabalho do escritor que, com o conjunto de sua obra, tenha contribuído para enriquecer o legado literário hispânico.

O escritor catalão Juan Marsé foi o premiado em 2008. Com isso, cumpriu-se uma lei não escrita pela qual o Cervantes é dado alternativamente a um escritor espanhol e a um hispano-americano.

Em 2007 o Cervantes foi dado ao argentino Juan Gelman.

Tudo o que sabemos sobre:
LIVROPREMIOCERVANTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.