Rafael Arbex / ESTADAO
Rafael Arbex / ESTADAO

Mercado editorial consolida primeiro trimestre de crescimento em 2018

Vendas no varejo viram o faturamento crescer 14% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo o Painel das Vendas de Livros no Brasil

Guilherme Sobota, O Estado de S. Paulo

19 Abril 2018 | 03h00

O varejo do mercado editorial brasileiro teve um primeiro trimestre positivo em 2018: o 3.º Painel das Vendas de Livros no Brasil mostra um crescimento de 8,76% em volume e 14,28% em valor no comparativo com 2017.

Apresentado pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e pela Nielsen, o relatório tem como base o resultado da Nielsen BookScan Brasil, que apura as vendas das principais livrarias e supermercados no país.

O resultado também é positivo em comparação ao terceiro período de 2017: crescimento de 17,75% em volume de livros, e de 18,98% no faturamento.

Segundo o relatório, as categorias de "não ficção" foram as maiores responsáveis pelos bons números neste intervalo. As ações promocionais da semana do Dia do Consumidor (15 de março) também contribuíram para aquecer o mercado livreiro.

“A semana do consumidor e o Dia Internacional da Mulher passaram a compor o calendário promocional do livro", comenta o líder da Nielsen Bookscan Brasil, Ismael Borges, em nota divulgada pelo SNEL. "O desconto se mostra uma ferramenta para vender mais nestes dias analisados, apesar de não ter sido maior que o do ano anterior. A sensação é que as livrarias se prepararam com antecedência e colheram bons resultados.”

Mais conteúdo sobre:
livromercado editorialvarejo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.