Carlos Jasso/Reuters
Carlos Jasso/Reuters

Mario Vargas Llosa revela inspiração para seu próximo romance

O Nobel de Literatura peruano afirma que o livro se passará na Guatemala

EFE

10 Novembro 2018 | 17h30

O escritor peruano Mario Vargas Llosa, vencedor do prêmio Nobel de Literatura em 2010 e colunista do Estado, revelou nessa sexta-feira, 9, a inspiração para seu próximo livro.

Ainda sem título definido, o romance será inspirado em uma história ocorrida na Guatemala. O autor, no entanto, recusou fornecer outras informações por conta de uma superstição sua, para evitar que o livro não seja publicado.

Durante uma conversa com a jornalista cubana Yoani Sánchez no Hay Festival, de Arequipa, cidade natal do romancista, Llosa contou que iniciou o projeto há alguns anos, em um jantar em que estava "absolutamente aborrecido".

"Quando já estava terminando e as pessoas começaram a ir embora, uma voz ao meu lado disse: 'Mario, eu tenho uma história para que você a escreva. Eu pensei: 'Que horror!'. Basta que digam isso a um escritor para que essa história não seja escrita", brincou o autor. "No entanto, me contou uma história de um país que eu tinha visitado apenas como turista, a Guatemala, e pouco a pouco, com o passar dos dias e das semanas, esse personagem da história começou a fazer uma presença", acrescentou.

O prêmio Nobel de Literatura de 2010 explicou que começou então a ler "muitas coisas para ver se a época mais ou menos correspondia" com a história que lhe relataram e, ao mesmo tempo, tomava notas.

"De repente percebi que tinha em mãos um projeto de romance", afirmou último sobrevivente da geração do "boom" do romance latino-americano.

Vargas Llosa publicou neste ano La Llamada de la Tribu (O Chamado da Tribo, em tradução livre), em que reúne ensaios sobre sua transição do socialismo e do comunismo para o liberalismo.

Seu último romance, Cinco Esquinas, foi lançado em 2016, e conta uma história ambientada no corrupto Peru dos anos 1990, durante o regime do ex-presidente Alberto Fujimori.

Mais conteúdo sobre:
Mario Vargas Llosaliteratura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.