Divulgação
Divulgação

Manuscrito de 'O Pequeno Príncipe' será exibido em 2022

Documento, de Antoine de Saint-Exupéry, pertence ao acervo do Museu Morgan (EUA)

AFP, O Estado de S.Paulo

08 de dezembro de 2021 | 07h47

O manuscrito de O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry, nunca antes exibido na França, será exposto em Paris de fevereiro a junho de 2022, anunciou o Museu de Artes Decorativas (MAD).

O aviador e autor escreveu a narrativa em Nova York e Long Island, onde estava exilado, entre junho e novembro de 1942.

Desde então, o manuscrito não saiu dos Estados Unidos: o escritor o havia deixado com uma amiga, Silvia Hamilton, antes de ir para o norte da África durante a guerra, em 1943. A amiga o vendeu para a Biblioteca e Museu Morgan em 1968.

Esta instituição privada emprestará o manuscrito ao MAD, que acolhe a exposição Encontro com o Pequeno Príncipe de 17 de fevereiro a 26 de junho em sua ala no Palácio do Louvre.

A mostra terá "mais de 600 peças", incluindo "aquarelas, esboços e desenhos - a maioria deles inéditos - mas também fotografias, poemas, trechos de jornais e correspondências", informou o museu em um comunicado.

O Pequeno Príncipe, que conta as aventuras em vários planetas de um menino aparentemente ingênuo, mas filósofo, é um dos maiores sucessos da literatura mundial.

Após sua publicação em francês e inglês em Nova York em 1943, Saint-Exupéry morreu durante uma missão no Mediterrâneo em julho de 1944. Assim, o autor não soube do êxito de sua obra, que só foi publicada na França em 1946 e hoje já foi traduzida para mais de 300 idiomas.

O manuscrito foi exibido em 2014 pela Biblioteca e Museu Morgan em Nova York.

Originalmente com mais de 30 mil palavras e difícil de entender, o livro foi cortado pela metade por um escritor que buscava maior simplicidade de estilo.

Tudo o que sabemos sobre:
literaturaAntoine Saint Exupérylivro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.