Lee Jin-man/AP
Lee Jin-man/AP

Man International Booker Prize 2018 anuncia finalistas

O espanhol Antonio Muñoz Molina e a sul-coreana Han Kang concorrem ao prêmio que vai reconhecer o melhor livro traduzido para o inglês e publicado no Reino Unido; vencedor será conhecido dia 22 de maio

New York Times

12 de abril de 2018 | 17h44

Dois antigos vencedores estão entre os seis autores cujos livros chegaram à final do Man Booker International Prize. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 12.

O prêmio reconhece obras literárias traduzidas para o inglês e publicadas no Reino Unido. É distinto do Man Booker Prize, que premia obras publicadas originalmente em inglês. 

O valor do prêmio é 50 mil libras - a ser dividido igualmente entre autor e tradutor.

Os finalistas são:

A francesa Virginie Despentes, com Vernon Subutex 1, sobre os altos e baixos de um ex-dono de loja de discos em Paris (traduzido por Frank Wynne)

A sul-coreana Han Kang, com The White Book, centrado na morte da irmã da narradora (traduzido por Deborah Smith).

O húngaro Laszlo Krasznahorkai, autor de The World Goes On, uma coletânea de 21 contos (traduzido por John Batki, Ottilie Mulzet e George Szirtes)

O espanhol Antonio Muñoz Molina, com Like a Fading Shadow, sobre James Earl Ray, que matou Martin Luther King Jr. (traduzido por Camilo A. Ramirez)

O iraquiano Ahmed Saadawi, autor de Frankenstein in Baghdad, em que ele leva o personagem de Mary Shelley para o Iraque pós-invasão dos Estados Unidos

A polonesa Olga Tokarczuk, por Flights, uma meditação filosófica sobre a viagem moderna (traduzido por Jennifer Croft

Entre os seis finalistas, Kang e Smith venceram o prêmio em 2016 por The Vegetarian e Krasznahorkai venceu em 2015, antes de o prêmio mudar o seu formato. A Booker Prize Foundation mudou o foco de sua premiação naquele ano para reconhecer um único livro de ficção traduzido para o inglês e publicado no Reino Unido. Desde 2005, ele vinha sendo outorgado a um autor pelo conjunto da obra.

+++ George Saunders se inspira em presidente dos EUA no livro ‘Lincoln no Limbo’, vencedor do Booker

No ano passado, quem ganhou o Man Booker International Prize foi o israelense David Grossman e a tradutora Jessica Cohen por O Inferno dos Outros.

O vencedor desta edição será anunciado no dia 22 de maio, em cerimônia no Victoria and Albert Museum, em Londres.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.