Laura Capelhuchnik/ESTADAO
Laura Capelhuchnik/ESTADAO

Livro mais vendido da Flip 2016 é de Svetlana Aleksiévitch

Prêmio Nobel de Literatura de 2015 conquistou o público e seus dois livros estão entre os três mais vendidos da Festa Literária Internacional de Paraty

Guilherme Sobota - Enviado Especial, O Estado de S. Paulo

04 Julho 2016 | 19h02

PARATY - A jornalista bielorrussa Svetlana Aleksiévitch tem dois entre os três livros mais vendidos da Flip 2016: A Guerra Não Tem Rosto de Mulher e Vozes de Tchernóbil dividiram o "pódio" com A Teus Pés, de Ana Cristina César. Os três livros foram publicados pela editora Companhia das Letras.

Em seguida, Benjamin Moser emplacou dois livros: o seu Autoimperialismo, lançado pela Planeta, com ensaios sobre o Brasil; e Todos os Contos, de Clarice Lispector, organizado pelo escritor norte-americano e publicado no Brasil pela Rocco.

Seis dos livros entre os 10 primeiros são de autoras mulheres. A Companhia das Letras tem cinco; a Planeta, três; a Rocco, um e a Coquetel (Ediouro), um.

Veja a lista dos livros mais vendidos da Flip 2016:

1. A Guerra Não Tem Rosto de Mulher, Svetlana Aleksiévitch (Companhia das Letras)

2. A Teus Pés, Ana Cristina César (Companhia das Letras)

3. Vozes de Tchernóbil, Svetlana Aleksiévitch (Companhia das Letras)

4. Autoimperialismo, Benjamin Moser (Planeta)

5. Todos os Contos, Clarice Lispector (Rocco)

6. A Morte do Pai, Karl Ove Knausgard (Companhia das Letras)

7. Descobri que Estava Morto, João Paulo Cuenca (Tusquets, Planeta)

8. Depois a Louca Sou Eu, Tati Bernardi (Companhia das Letras)

9. A História dos Meus Dentes, de Valeria Luiselli (Coquetel)

10. O Homem com Asas, Arthur Japin (Planeta)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.