JOEL SAGET / AFP
JOEL SAGET / AFP

Ladrão de Kim Kardashian relata roubo de Paris em livro revelador

Yunice Abbas, de 67 anos, foi uma das doze pessoas detidas por roubar 9 milhões de euros em joias na luxuosa residência que a empresária alugou na capital francesa para comparecer na Semana da Moda

Agências, AFP

03 de fevereiro de 2021 | 17h19

PARIS, FRANÇA - Foi um "golpe" perfeitamente executado. Um dos ladrões que participou do roubo à estrela Kim Kardashian em Paris em 2016 conta em um livro detalhes do assalto.



Yunice Abbas, de 67 anos, foi uma das doze pessoas detidas por roubar 9 milhões de euros (10,8 milhões de dólares) em joias na luxuosa residência que Kim Kardashian alugou na capital francesa para comparecer na Semana da Moda.

Como deixa claro o título de seu livro J'ai séquestré Kim Kardashian (Eu sequestrei Kim Kardashian), Abbas não pretende contestar as acusações em seu julgamento, que os promotores esperam que aconteça este ano.

O roubo, que entrou para a história como o maior a um indivíduo na França nas últimas duas décadas, deu a volta ao mundo.

A maioria das peças nunca foi encontrada: a polícia só recuperou uma cruz com pedaços de diamantes que Abbas deixou cair quando abandonava o local na bicicleta. 

"O júri terá que decidir e, em teoria, farão isso com base apenas no que for apresentado no julgamento, mas já foram contadas 50 histórias sobre tudo isso: eu queria contar a minha verdade, a que eu vivi", disse Abbas à AFP. 

Tudo o que sabemos sobre:
Paris [França]Kim Kardashianroubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.