Alex Silva|Estadão
Alex Silva|Estadão

Jornalista do 'Estado' vence prêmio literário da Biblioteca Nacional

Marcelo Godoy foi escolhido na categoria ensaio social; Tércia Montenegro, Carol Rodrigues e João Filho levaram as categorias romance, conto e poesia

O Estado de S. Paulo

04 de novembro de 2015 | 09h59

A Biblioteca Nacional divulgou na noite de terça-feira, 3, o resultado do Prêmio BN 2015. Num ano marcado pela grande presença de editoras independentes entre as premiadas, o jornalista do Estado Marcelo Godoy venceu o prêmio na categoria Ensaio Social com o livro A Casa da Vovó, publicada pela Editora Alameda. A obra recupera histórias do Destacamento de Operações de Informações (DOI) de São Paulo no início dos anos 1970, no recrudescimento da ditadura militar.

Na categoria Romance, a vencedora foi a escritora cearense Tércia Montenegro, por Turismo para Cegos (Companhia das Letras). Sem Vista para o Mar (Editora Edith) de Carol Rodrigues, venceu na categoria Conto, e Dimensão Necessária, de João Filho (Editora Mondrongo), ganhou o prêmio de Poesia.

O prêmio literário abrange nove categorias no total: além das já citadas, Ensaio Literário, Tradução, Projeto Gráfico, Literatura Juvenil e Literatura Infantil. Para cada categoria foi instituída uma comissão julgadora composta por três especialistas, que avaliaram o melhor da produção literária brasileira no período de maio de 2014 a abril de 2015. O vencedor de cada categoria recebe R$30 mil.

Veja a seguir a lista completa dos vencedores.

CATEGORIA POESIA

VENCEDOR: João Filho com a obra “Dimensão necessária”, publicada pela Editora Mondrongo.

COMISSÃO JULGADORA: Adriano Espínola, Antonio Cícero e Leonardo Fróes

CATEGORIA ROMANCE

VENCEDORA: Tércia Montenegro, com a obra “Turismo para cegos”, publicada pela Editora Companhia das Letras.

COMISSÃO JULGADORA: Antonio Carlos Secchin, Ronaldo Correia de Brito e Sérgio Alcides Amaral.

CATEGORIA CONTO

VENCEDORA: Carol Rodrigues, com a obra “Sem vista para o mar”, publicada pela Editora Edith.

COMISSÃO JULGADORA: Conceição Evaristo, Fernanda Teixeira de Medeiros e Stefania Chiarelli.

CATEGORIA ENSAIO LITERÁRIO

VENCEDOR: Gustavo Bernardo, com a obra “A ficção de Deus”, publicada pela Editora Annablume.

COMISSÃO: Eduardo Jardim, Floriano Martins e João Camilo Penna.

CATEGORIA ENSAIO SOCIAL

VENCEDOR: Marcelo Godoy, com a obra “A casa da vovó”, publicada pela Editora Alameda.

COMISSÃO JULGADORA: Marcus Maciel de Carvalho, Monica Grin e Ronaldo Vainfas.

CATEGORIA TRADUÇÃO

VENCEDOR: Guilherme Gontijo Flores, com a obra “Elegias de Sexto Propércio”, publicada pela Editora Autêntica.

COMISSÃO JULGADORA: Rubens Figueiredo, Geraldo Holanda Cavalcanti e Paulo Henriques Britto.

CATEGORIA PROJETO GRÁFICO

VENCEDOR: Frederico Tizzot, com a obra “A mão na pena”, publicada pela Arte & Letra Editora.

COMISSÃO JULGADORA: Edna Lúcia Cunha Lima, Isabella Perrotta e Victor Burton.

CATEGORIA LITERATURA INFANTIL

VENCEDOR: Marcelo Lelis, com a obra “Hortência das tranças”, publicada pela Editora Abacate.

COMISSÃO JULGADORA: Cristiane Salles, Lenice Gomes e Rosa Cuba Riche.

CATEGORIA LITERATURA JUVENIL

VENCEDOR: Mario Teixeira, com a obra “A linha negra”, publicada pela Editora Scipione.

COMISSÃO JULGADORA: Leonor Werneck, Tânia Piacentini e Vera Aguiar.

Tudo o que sabemos sobre:
Biblioteca NacionalLiteratura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.