Andy Rain/EFE
Andy Rain/EFE

Jamaicano Marlon James vence o prêmio literário Man Booker Prize

Escritor de 'A Brief History of Seven Killings' derrotou cinco autores

AFP, O Estado de S. Paulo

13 Outubro 2015 | 18h46

O escritor jamaicano Marlon James conquistou, nesta terça-feira, o prestigioso Man Booker Prize por A Brief History of Seven Killings (Breve História de Sete Assassinatos), um romance inspirado em uma história real e que descreve como Bob Marley e sua equipe foram atacados antes de um show em 1976.

James, de 44 anos, é o primeiro jamaicano a ser agraciado com o prêmio da literatura em língua inglesa - entregue há 47 anos.

Concedido ao melhor romance original em língua inglesa, o Man Booker Prize é um dos mais importantes prêmios literários do mundo.

Os outros finalistas foram os britânicos Tom McCarthy por sua obra Satin Island e Sunjeev Sahota por seu primeiro romance The Year of the Runaways, o nigeriano Chigozie Obioma por The Fishermen e as norte-americanas Anne Tyler (A Spool of Blue Thread) e Hanya Yanagihara (A Little Life).

Mais conteúdo sobre:
literatura Marlon James Man Booker Prize

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.