Incêndio destrói casa de Charles Schulz, criador do Snoopy

Incêndio destrói casa de Charles Schulz, criador do Snoopy

Incidente que não deixou mortos faz parte de uma série de incêndios florestais que vem ocorrendo na Califórnia

O Estado de S.Paulo

13 Outubro 2017 | 20h57

A casa em que morava o cartunista americano Charles M. Schulz (1922-2000), autor de 'Peanuts', foi destruída por um incêndio nesta quinta-feira, 12. A viúva do artista, Jean Schulz, 78 anos, conseguiu escapar ilesa.

O incidente faz parte de uma série de incêndios florestais que vêm assolando o estado americano da Califórnia nos últimos dias. Ao menos 26 pessoas morreram em decorrência desses eventos, considerados pelas autoridades californianas a pior tragédia do tipo nos últimos 84 anos.

Schulz morou nessa casa desde a década de 1970 até sua morte, e os pertences do cartunista e de sua viúva se perderam, assim como algumas obras dele. No entanto, pelo fato de ele ter desenhado durante boa parte de sua vida em um estúdio, o grosso da obra está a salvo no Museu e Centro de Pesquisa Charles M. Schulz, que fica na cidade de Santa Rosa. 

Schulz foi autor de 'Peanuts', tira protagonizada pelo beagle Snoopy e uma das histórias em quadrinhos mais longevas de todos os tempos sob o traço do mesmo autor: de 1950 a 2000. 

Mais conteúdo sobre:
Charles Monroe Schulz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.