Estadão
Estadão

Gonçalo M. Tavares e Ana Luisa Amaral trazem a literatura portuguesa a São Paulo

Os escritores portugueses Gonçalo M. Tavares e Ana Luisa Amaral participam de encontro com o público em São Paulo; confira a agenda

Redação, O Estado de S. Paulo

27 de agosto de 2019 | 11h44

Dois escritores portugueses estarão em São Paulo nesta semana para conversas com seus leitores: Gonçalo M. Tavares e Ana Luisa Amaral.

Vencedor do Prêmio José Saramago, entre outros, e autor de obras como Jerusalém, A Mulher-Sem-Cabeça e o Homem-do-Mau-Olhado e de Cinco Meninos e de Cinco Ratos, Gonçalo Tavares, que nasceu em Luanda em 1970, participa de bate-papo no Sesc Avenida Paulista nesta terça-feira, 27, e na recém-inaugurada Livraria Mandarina, no sábado, 31.

Já a poeta, ensaísta e professora de literatura Ana Luisa Amaral, que nasceu em Lisboa em 1956 e escreveu obras como Escuro, Vozes e Arder a Palavra, que está sendo lançada agora pela Oficina Raquel, estará na sexta, 30, na Biblioteca Mário de Andrade para uma conversa com a jornalista Maria Fernanda Rodrigues, repórter do Caderno 2.

 

Gonçalo M. Tavares em SP

Terça, 27 de agosto

20h

Gonçalo M. Tavares fala sobre seu processo criativo e a ideia de mesclar personagens típicos do folclore português em ficções radicais, como nos títulos A Mulher-Sem-Cabeça e o Homem-do-Mau-Olhado e Cinco Meninos, Cinco Ratos, que inauguram a série Mitologias (Editora Dublinense). A mediação será da jornalista Bruna Meneguetti.

Sesc Avenida Paulista

Av. Paulista, 119 - térreo

Entrada gratuita, sujeito à lotação da sala

Sábado, 31 de agosto

11h e 16h

Gonçalo M. Tavares participa de duas conversas abertas ao público sobre sua obra.

Livraria Mandarina

Rua Ferreira de Araújo, 373

 

Ana Luisa Amaral em SP

Sexta, 30 de agosto

19h

Autora de mais de três dezenas de livros, entre poesia, teatro, ficção, infantil e ensaios - ela está lançando agora Arder a Palavra, com ensaios sobre poesia -, Ana Luisa Amaral participa de um bate-papo na Biblioteca Mário de Andrade. A mediação será de Maria Fernanda Rodrigues

Biblioteca Mário de Andrade

Rua da Consolação, 94

Sala Tula Pilar Ferreira

Entrada gratuita

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.