Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Fundação Dorina Nowill disponibiliza livros infantis acessíveis para cegos

Em meio ao isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus, livros para crianças com deficiência visual estão disponíveis pela biblioteca virtual

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de março de 2020 | 19h30

A Fundação Dorina Nowill para Cegos disponibilizou livros infantis acessíveis gratuitamente no acervo de sua biblioteca digital, a Dorinateca. 

Editoras, escritores e livrarias vêm tomando medidas para tornar disponíveis livros, e-books e audiolivros para as pessoas que estarão isoladas durante a pandemia de coronavírus, mas o acesso a obras acessíveis para cegos ainda é limitado.

Como as aulas foram temporariamente suspensas por todo o Brasil, esse acervo poderá ser acessado por crianças com deficiências visuais que não terão acesso a livros acessíveis por meio das escolas.

"Entre os diversos gêneros que temos disponíveis, estão os clássicos que toda criança gosta. Desde contos de fada, como da Branca de Neve até aventuras como as de Robin Hood, que sempre estiveram no imaginário infantil e são atemporais", explica Kely Magalhães, gerente de Serviços de Apoio à Inclusão da Fundação Dorina.

Confira a lista dos títulos da Coleção Clássicos disponibilizados virtualmente:

  • Bela Adormecida, de Simone Bibian
  • Branca de Neve, de Jacira Fagundes
  • Chapeuzinho Vermelho, de André Luiz P. Alves
  • Cinderela, de Anna Claudia Ramos
  • João e Maria, de Roberto de Carvalho
  • Os três porquinhos, da Editora Globo
  • Peter Pan, de Julio Lira
  • Pinóquio, de Viviane Brasil e Mary Aparecida Marques
  • Rapunzel, de Regina Drummond
  • Robin Hood, de Maurício Veneza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.