EFE/EPA/CHRISTOPHE PETIT TESSON
EFE/EPA/CHRISTOPHE PETIT TESSON

França expõe pela primeira vez o manuscrito de 'O Pequeno Príncipe'

A exposição, que ficará aberta até 26 de junho, é composta por uma infinidade de objetos do escritor e aviador Antoine Saint-Exupéry

AFP, O Estado de S.Paulo

16 de fevereiro de 2022 | 12h12

A França vai expor pela primeira vez o manuscrito de O Pequeno Príncipe, em uma exposição dedicada ao seu criador, Antoine Saint-Exupéry, a partir desta quinta-feira, 17, no Museu de Artes Decorativas de Paris.

A história foi escrita em 1942 nos Estados Unidos, em Nova York e em Asharoken, uma cidade costeira de Long Island.

Quando Saint-Exupéry deixou os Estados Unidos para combater as tropas nazistas em abril de 1943, ele deu o manuscrito para sua amante, a jornalista Sylvia Hamilton, que o vendeu para a Morgan Library & Museum em Nova York por 25 anos.

O museu emprestou algumas das folhas mais importantes desse tesouro literário, incluindo as aquarelas originais, pintadas pelo próprio Saint-Exupéry, que representam o asteróide d'O Pequeno Príncipe - que é a capa do livro - e outra em que aparece em seu longo casaco forrado de vermelho.

A exposição capta toda a profundidade da inspiração que levou a esta obra-prima, desde a infância de Saint-Exupéry e uma carta escrita para aquela que mais tarde seria sua esposa, Consuelo, em 1930, na qual ele menciona "um menino que descobriu um tesouro" e "tornou-se melancólico", até os esboços em que ele gradualmente moldou o herói.

O aviador, que desapareceu durante uma missão no Mar Mediterrâneo em julho de 1944, não viveu para ver o sucesso global de seu trabalho.

Mas, no final da vida, em que o livro só havia sido publicado nos Estados Unidos, em inglês e francês, "o personagem e o autor acabaram se confundindo", explicou a curadora da exposição, Anne Monier-Vanryb.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.