EFE|archivo|Sáshenka Gutiérrez
EFE|archivo|Sáshenka Gutiérrez

Fernando del Paso vence Prêmio Cervantes 2015, o mais importante das letras hispânicas

A presidente do júri lembrou que ele é um dos escritores mais lidos do México, e sua obra é valente como foi a de Miguel de Cervantes

EFE

12 de novembro de 2015 | 13h52

O valor criativo e o risco da inovação do escritor mexicano Fernando del Paso conquistaram nesta quinta-feira, 12, o Prêmio Cervantes 2015, no valor de 125 mil euros (R$ 510 mil), conforme a decisão do júri da premiação considerada a mais importante das letras hispanas e divulgada pelo ministro da Educação, Cultura e Esporte da Espanha, Íñigo Méndez de Vigo, em entrevista coletiva.

O júri, presidido por Inés Fernández Ordóñez, representante da Real Academia, escolheu o ensaísta por maioria após três votações sucessivas e destacou "sua contribuição ao desenvolvimento do romance, aliando tradição e modernidade, como Cervantes fez".

Coincidindo com o quarto centenário da publicação da segunda parte de Dom Quixote, o júri avaliou os textos de Fernando del Paso como cheios de risco "que recriam episódios fundamentais da história do México". José Trigo, Palinuro de México e Linda 67. Historia de un crimen são algumas das obras do multifacetado artista. A editora Record publicou no Brasil Notícias do Império, em 2003.

A presidente do júri lembrou que ele é um dos escritores mais lidos e premiados do México, cuja obra singular é valente, como o foi a de Miguel de Cervantes.

Criado em 1975 pelo Ministério de Cultura, a premiação reconhece a trajetória de um escritor que com o conjunto de sua obra tenha contribuído para enriquecer o legado literário hispânico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.