Ralph Orlowski/Reuters
Ralph Orlowski/Reuters

Feira do Livro de Frankfurt desiste de edição presencial e vai transmitir eventos online

Novos protocolos sanitários para evitar o coronavírus motivaram a decisão; público poderá participar de encontros com escritores e eventos profissionais pela internet

Maria Fernanda Rodrigues, O Estado de S. Paulo

08 de setembro de 2020 | 12h43

A pouco mais de um mês do início da maior feira de livros do mundo, organizadores da Feira de Frankfurt desistiram de uma edição presencial em 2020. A ideia inicial era fazer um evento híbrido entre os dias 14 e 18 de outubro: ocupar os enormes pavilhões com estandes e promover uma programação online. Agora, com um novo protocolo sendo colocado em prática na Alemanha no dia 1º de outubro, como medida para evitar uma nova onda de coronavírus no país, tudo será online para o grande público - a feira é visitada por profissionais do mercado editorial do mundo inteiro.

Algumas encontros presenciais, no entanto, serão realizados em diferentes espaços de Frankfurt, ao longo de cinco dias, para as comunidades locais - com transmissão pela internet. Entre os escritores convidados estão Irvine Welsh, John Niven, Karin Slaughter, Don Winslow, Elizabeth Gilbert, Bov Bjerg, Cornelia Funke, Chilly Gonzales e Francesca Melandri. A programação deve ser anunciada na próxima semana.

"Agora o foco será na nossa oferta digital. Expandimos nossos numerosos serviços recentemente para uma ampla oferta de serviços e eventos online. Isso quer dizer que os profissionais do mercado editorial internacional vão poder usar ferramentas para continuar seus negócios, mesmo em tempos de coronavírus. E os leitores vão ter a oportunidade de expressar seu amor pelos livros de duas formas: online e nos eventos em Frankfurt", disse Juergen Boos, diretor da Feira do Livro de Frankfurt, em comunicado.

A programação para profissionais inclui a Frankfurt Conference, cuja programação também será anunciada em breve. A inscrição é gratuita e entre os temas a serem debatidos estão os audiolivros, direitos e mais. Alguns eventos serão realizados antes ou depois da feira.

O Canadá, país convidado este ano, também fará alguns eventos online em outubro, mas tem espaço garantido no evento de 2021.

As feiras de livros começaram a ser canceladas em março. Frankfurt anunciou recentemente que manteria sua edição em outubro, mesmo com grandes expositores anunciando que não iriam ao evento este ano. No momento, ocorre em Portugal a Feira do Livro de Lisboa, com programação aberta ao público até o dia 13. No Brasil, o Fiaraxá ainda espera realizar uma programação presencial, mas a maioria já decidiu por uma programação online.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.