Daniel Mordzinski/Divulgação
Daniel Mordzinski/Divulgação

Exposição apresenta fotos de escritores feitas por Daniel Mordzinski em hotéis

Entre os retratados na mostra que tem entrada gratuita estão Vargas Llosa, Borges, Saramago e Verissimo; veja galeria de imagens

Maria Fernanda Rodrigues, O Estado de S. Paulo

08 Janeiro 2015 | 13h03

O Prêmio Nobel de 2010 Mario Vargas Llosa deitado fazendo anotações com uma vela ao lado. Agustina Bessa-Luís, um dos principais nomes da literatura portuguesa, passando batom no banheiro. O angolano José Eduardo Agualusa sentado na cama, com a mala pronta. Salman Rushdie, que já foi jurado de morte por ter escrito Versos Satânicos, dentro da banheira, de roupa e comendo fruta. Essas cenas foram presenciadas, ou montadas, pelo fotógrafo Daniel Mordzinski ao longo de sua trajetória profissional - recheada de encontros com célebres escritores.

Uma exposição em São Paulo vai apresentar cerca de 50 fotografias tiradas por ele exclusivamente em hotéis. Quartos de Escrita - Retrato de Escritores em Hotel, que já passou pelo festival literário Fliaraxá em outubro de 2014, fica em cartaz no Sesc Bom Retiro até o dia 8 de março.

" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;

Com curadoria de Afonso Borges, idealizador do Sempre um Papo - série de encontros realizados com escritores em Belo Horizonte e também em São Paulo -, a mostra conta ainda com retratos de Eric Hobsbawm, Nadine Gordimer, Umberto Eco, Jorge Luis Borges, José Saramago, Gabriel García Márquez, Eduardo Galeano e Herta Müller, entre outros. Brasileiros como Luis Fernando Verissimo, cronista do Caderno 2, e João Paulo Cuenca, também foram fotografados.

Daniel Mordzinski  nasceu em Buenos Aires, mas vive em Paris há quase quatro décadas. Suas fotos já foram publicadas em veículos como Le Monde e El País e foram tema de exposição na Itália, Espanha, Portugal, Alemanha, Inglaterra, Grécia, França, México, Colômbia, Argentina e outros países.

Exposição – Quartos de Escrita – Retrato de Escritores em Hotel

Sesc Bom Retiro. Al. Nothmann, 185, 3332-3600. 3ª a 6ª, das 9h às 20h30; sáb. e dom., a partir das 10h. Até 8 de março. Grátis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.