Warner Bros.
Warner Bros.

Exemplar da 1ª edição de 'Harry Potter' é vendido por US$ 471 mil em leilão

Livro é edição britânica de capa dura de 1997, com uma ilustração colorida na capa

Agências, Reuters

10 de dezembro de 2021 | 07h19
Atualizado 10 de dezembro de 2021 | 16h09

Um exemplar da primeira edição do primeiro livro da saga Harry Potter foi vendido por US$ 471 mil nos Estados Unidos, nesta quinta-feira, no que leiloeiros classificaram como um recorde mundial por uma obra de ficção do século 20.

A edição britânica de capa dura de 1997 de Harry Potter e a Pedra Filosofal, com uma ilustração colorida na capa, foi descrita pela Heritage Auctions como "mágica, incrivelmente brilhante e quase praticamente intocada".

O casa de leilões sediada em Dallas disse que apenas 500 cópias com o encadernamento específico foram impressas. O preço final foi mais de seis vezes maior que a estimativa inicial, que era de US$ 70 mil. 

Preços anteriores por primeiras edições de livros da saga Harry Potter já estiveram em torno de US$ 110 mil e US$ 138 mil. 

"Não apenas é um dos livros mais caros da saga, é a obra de ficção publicada no século 20 mais cara já vendida", afirmou o vice-presidente da Heritage Auctions, Joe Maddalena, em nota.

O livro foi vendido por um colecionador norte-americano e o nome do comprador não foi revelado. 

A autora britânica J.K. Rowling escreveu mais seis livros sobre as aventuras do menino órfão mago que venderam mais de 500 milhões de exemplares pelo mundo em 80 idiomas, de acordo com a editora norte-americana Scholastic.

Os livros foram adaptados para oito filmes que arrecadaram mais de US$ 7,8 bilhões nas bilheterias globais.

Tudo o que sabemos sobre:
Harry PotterleilãoJ. K. Rowling

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.