Divulgação
Divulgação

Escritores hispânicos lançam site para publicar resenhas, entrevistas e muito mais

'Zenda' é uma iniciativa Javier Marías e Arturo Pérez-Reverte, entre outros autores da Espanha e América Latina; site vai ao ar no dia 6

Redação, EFE

03 de abril de 2016 | 18h39

Escritores latinoamericanos criaram um espaço na internet que pretende ser um ponto de encontro, chamado Zenda, com artigos, resenhas, notícias e entrevistas. Este espaço digital, que começa sua trajetória no dia 6 de abril no endereço www.zendalibros.com, conta com a participação dos espanhóis Javier Marías, Arturo Pérez-Reverte, Luis Mateo Díez, José María Merino e Almudena Grandes, dos mexicanos Élmer Mendoza e Xavier Velasco, do argentino Jorge Fernández Díaz e da porto-riquenha Mayra Santos-Febres, entre outros.

Todos eles estão convencidos de que "o futuro está na internet e nas redes sociais", segundo Pérez-Reverte, para quem Zenda é "um território de livros, amigos e aventura".

Trata-se, afirma Pérez-Reverte, de "um lugar livre onde eles podem se encontrar, um espaço feito por escritores em que se fará tudo - resenhas, entrevistas, críticas literárias, notícias e debates".

O autor crê que Zenda terá "um forte atrativo para leitores, jornalistas, editores, escritores, agentes literários, novos autores, livreiros e todos os interessados no mundo da literatura nos dois lados do Atlântico".

"Será uma excelente ponte com a América Latina. Todos nos beneficiaremos com esta iniciativa. Cada escritor levará para o site seus leitores, sua bagagem literárias e seu talento e receberá apoio quando publicar um novo livro ou tiver algo que contar", completa.

A direção será do jornalista Leandro Pérez Miguel e Zenda estará nas principais redes sociais. A ideia surgiu "há uns seis meses" em conversas de Pérez-Reverte com Marías, Merino, Mateo Díez, Almudena Grandes e Lucas, entre outros, conscientes de que os suplementos literários estão perdendo seus leitores: "O futuro está na internet e nas redes sociais". "Não se trata de competir com ninguém nem roubar os leitores dos suplementos, mas de criar um lugar mais neutro."

O nome do site foi emprestado do romance O Prisioneiro de Zenda, do britânico Anthony Hoppe Hawkins.

Na estreia, Zenda trará uma conversa entre Pérez-Reverte e Marías, um blog de Juan Gómez-Jurado e artigos de Marta Sanz, Fernández Mallo, Élmer Mendoza, Juan Cruz ou Sergio Vila-Sanjuán. 

Tudo o que sabemos sobre:
LiteraturaLiteratura EspanholaCultura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.