NYT
NYT

Escritores enviam carta para a Amazon sobre a disputa de preços

Grupo Author's United, que inclui Donna Tartt, Stephen King e outros, apela para a diretoria da empresa para que interrompa as sanções aos livros

O Estado de S. Paulo

16 Setembro 2014 | 11h21

O grupo de escritores Author's United, que inclui autores da editora Hachette e aliados, publicou uma carta se posicionando sobre a recente batalha de preços de e-books. O texto, disponível no site da instituição, será enviado aos dez principais diretores da Amazon. Há seis meses, a loja virtual tem aplicado sanções a livros de autores da Hachette, desestimulando seus clientes a comprarem livros do grupo, como uma ferramenta de pressão na negociação de preços de e-books.

"As sanções têm derrubado as vendas de autores da Hachette na Amazon.com em pelo menos 50%, e em alguns casos em até 90%. As quedas ocorreram em todos os formatos: capa dura, paperbacks e e-books", diz a carta.

O texto afirma que nunca na história um grupo de escritores tão diverso ou proeminente como esse se reuniu por uma única causa. "Nós somos romancistas, jornalistas vencedores do Pulitzer, e poetas; escritores de mistérios, e escritores iniciantes [...] Coletivamente, vendemos mais de um bilhão de livros. As táticas da Amazon têm nos causado profunda angústia e indignação".

A carta segue afirmando que as restrições da Amazon prejudicam a capacidade dos autores de "dar suporte a suas famílias".

"Esforços para impedir ou bloquear a venda de livros têm uma história longa e feia. Vocês querem, pessoalmente, estar associados a isso?", questiona.

Após uma defesa do trabalho das editoras, o texto conclui: "Nós estamos confiantes que você, como um membro da diretoria da Amazon, preza livros e liberdade de expressão tanto quanto nós. Desde sua fundação, a Amazon têm sido uma marca altamente reconhecida e progressiva. Mas se é assim que a Amazon vai continuar a tratar a comunidade literária, por quanto tempo a boa reputação da empresa vai durar? Nós apelamos para você, com esperança e boa vontade, exercitar sua liderança e pôr um fim às sanções de livros, que são os fundamentos da nossa cultura e democracia".

Entre os escritores que assinam a carta, estão Donna Tartt, Malcolm Gladwell, Stephen King. O Author's United é composto por 1,1 mil autores.

Mais conteúdo sobre:
Amazon Hachette Donna Tart Author's United

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.