Divulgação
Divulgação

Escritora portuguesa Hélia Correia ganha Prêmio Camões

Autora vai receber 100 mil euros

Ubiratan Brasil, O Estado de S. Paulo

17 de junho de 2015 | 14h43

A escritora portuguesa Hélia Correia foi escolhida para vencer o Prêmio Camões de 2015, o mais importante destinado a autores de língua portuguesa. A decisão aconteceu na tarde de hoje, no Palácio São Clemente, sede do consulado de Portugal, no Rio de Janeiro. Ela vai ganhar um prêmio de 100 mil euros.

Com a escolha, Portugal empata com o Brasil em número de premiados, 11 cada. 

O júri que escolheu Hélia Correia, e que antes de reunir no consulado português do Rio de Janeiro, já tivera durante a manhã uma sessão de trabalho na Fundação da Biblioteca Nacional (FBN), integrou dois portugueses (o poeta e crítico literário Pedro Mexia e a ensaísta Rita Marnoto, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra) dois brasileiros (o poeta e ensaísta Antonio Carlos Secchin e o escritor Affonso Romano Sant'Anna, ex-presidente da Fundação Biblioteca Nacional) e dois representantes dos países africanos de língua portuguesa: a ensaísta santomense Inocência Mata, da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, e o ficcionista moçambicano Mia Couto, vencedor do prémio Camões em 2013.

 

Mais conteúdo sobre:
Prêmio CamõesLiteratura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.