Escritor Paulo Coelho se muda para Genebra na Suíça

Escritor viverá seis meses no Rio de Janeiro e seis meses na Europa, por causa do trabalho

Jamil Chade, correspondente de O Estado de S. Paulo,

19 de abril de 2009 | 11h14

O escritor brasileiro Paulo Coelho se muda para a Suíça. Desde o final do ano passado, o autor de vários best-sellers começou seu processo de mudança. Em uma entrevista ao jornal suíço Le Matin, Paulo Coelho garante que não deixará totalmente o Brasil. Viverá seis meses no Rio de Janeiro e seis meses em Genebra.

 

"Para o meu trabalho, preciso de ter um pé na Europa", disse Paulo Coelho em entrevista ao jornal. "Escolhi Genebra, porque posso ter aqui a vida da cidade e do campo", afirmou.

 

Paulo Coelho confessou que tem o sonho de cruzar a Suíça à pé. Por enquanto, ele garante que anda uma hora por dia pela cidade.

 

O escritor ainda garante que escolheu Genebra porque a cidade está "acostumada com as pessoas célebres". Para Paulo Coelho, os suíços ainda são "os brasileiros da Europa". "Os suíços não são frios. Eles são como nós (brasileiros). Agem de acordo com as emoções", afirmou.

 

A Suíça é conhecida como residência de muitas personalidades famosas, principalmente por razões fiscais. Metade dos pilotos de Fórmula 1 tem residência nos Alpes, assim como atores e músicos como Phil Collins.

Mais conteúdo sobre:
Paulo Coelho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.