Escritor britânico Graham Joyce morre aos 59 anos

Autor lutava contra um linfoma, e morreu nesta terça-feira, 9, em Leicester

AP

10 de setembro de 2014 | 10h49

LONDRES - O premiado autor britânico de fantasia Graham Joyce morreu por complicações de um linfoma, de acordo com sua editora. Ele tinha 59 anos.

Simon Spanton, editor associado de livros de fantasia da Orion Books, disse que Joyce morreu nesta terça-feira, à tarde, em um hospital próximo da sua casa em Leicester, cidade ao norte de Londres.

Joyce era um dos escritores de fantasia mais conhecidos do Reino Unido, e estava escrevendo em seu blog extensivamente sobre sua doença.

Seu livros mais recentes são Some Kind of Fairy Tale, The Year of the Ladybird e The Tooth Fairy.

Ele deixa sua esposa, Sue, e seus filhos, Ella e Joe.

Tudo o que sabemos sobre:
Graham JoyceLiteratura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.