Divulgação/Editora Mondrongo
Divulgação/Editora Mondrongo

Escritor brasileiro Itamar Vieira Junior é o vencedor do Prêmio Leya

Romance inédito 'Torto Arado' foi agraciado com a distinção e será publicado pelo grupo editorial

O Estado de S. Paulo

17 Outubro 2018 | 08h57

O escritor brasileiro Itamar Vieira Junior é o vencedor do Prêmio Leya de Literatura, no valor de 100 mil euros, pelo romance Torto Arado, a ser agora publicado pelo grupo editorial. O júri destacou o autor baiano "pela solidez da construção, o equilíbrio da narrativa e a forma como aborda o universo rural do Brasil, colocando ênfase nas figuras femininas, na sua liberdade e na violência exercida sobre o corpo num contexto dominado pela sociedade patriarcal".

O escritor e poeta português Manuel Alegre é o presidente do júri, composto ainda pelo jornalista brasileiro Paulo Werneck, pela escritora e poeta angolana Ana Paula Tavares, a jornalista e crítica literária portuguesa Isabel Lucas, o professor moçambicano Lourenço do Rosário, o professor português José Carlos Seabra Pereira e pelo poeta Nuno Júdice.

O anúncio do prêmio foi feito nesta quarta-feira, 17, em Alfragide, na sede do grupo Leya.

Itamar Vieira Junior nasceu em Salvador em 1979. É escritor, geógrafo e doutor em estudos étnicos e africanos pela Universidade Federal da Bahia. É um dos finalistas do Prêmio Jabuti, com o livro de contos A Oração do Carrasco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.