EFE
EFE

Escritor argentino Andrés Neuman vence Prêmio Alfaguara

Romance 'El Viajero del Siglo' propõe um olhar sobre o século 19 com a perspectiva do século 21

REUTERS

23 de março de 2009 | 16h10

O escritor Andrés Neuman, nascido na Argentina, conquistou nesta segunda-feira o Prêmio Alfaguara 2009 pelo seu romance El Viajero del Siglo, assinado com um pseudônimo, segundo a editora Alfaguara.

O júri destacou "a ambição literária e a qualidade de um romance que recupera a narrativa do século 19, escrita com uma visão atual e esplendidamente ambientada na Alemanha pós Napoleão", disse a nota à imprensa da editora.

El Viajero del Siglo, um romance que se propõe a voltar a olhar para o século 19 sob a perspectiva do século 21, foi eleito entre 523 obras escritas em espanhol na América Latina e Espanha.

Neuman nasceu em Buenos Aires em 1977 e vive desde os 14 anos em Granada, onde é professor de literatura latino-americana.

Colunista em jornais, foi finalista do Prêmio Herralde com seu primeiro romance, Bariloche.

O escritor e acadêmico espanhol Luis Goytisolo presidiu a XII edição do Prêmio Alfaguara.

A primeira edição do evento foi realizada em 1998 e entre as obras premiadas estão Son de Mar, do espanhol Manuel Vicent, do qual foi produzido um filme de mesmo nome; Delirio, da colombiana Laura Restrepo e Abril Vermelho, do peruano Santiago Roncagliolo (2006).

Em 2008, o prêmio foi entregue ao escritor cubano Antonio Orlando Rodríguez por sua obra Chiquita.

(Reportagem de Itziar Reinlein)

Tudo o que sabemos sobre:
LIVROPREMIOAUTOR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.