Rep
Rep

Contos e poemas inéditos de Truman Capote são encontrados

Editor alemão encontrou trabalhos antigos do autor, conhecido por 'A Sangue Frio'

The New York Times News Service

09 de outubro de 2014 | 11h01

BERLIM – Os editores Peter Haag e Anuschka Roshani encontraram uma coleção de contos e poemas inéditos de Truman Capote. A descoberta foi feita na Biblioteca Pública de Nova York há alguns meses, quando eles buscavam os capítulos do romance inacabado do autor americano, principal nome do jornalismo literário.

Haag se deparou com uma dúzia de poemas e quase 20 contos. Os textos foram escritos na infância e na adolescência de Capote, provavelmente entre os anos de 1935 e 1943, quando o autor tinha entre 11 e 19 anos. Nem todos os trabalhos estão datados. Alguns contos apareceram na revista literária do colégio de Capote, The Green Witch; outros são manuscritos.

A coleção inédita será publicada em inglês pela editora Random House em dezembro de 2015. David Ebershoff, editor do livro, disse que o estilo do escritor já pode ser percebido nos textos. “Você pode literalmente ver um jovem gênio se formando. Esses contos mostram que o talento de Capote e a forma como ele experimentava o mundo já estavam com ele desde que era jovem”, afirmou.

O jornal alemão Die Zeit publicou, nesta semana, quatro dos contos encontrados. Intituladas Miss Belle Rankin, This Here Is From Jamie, Saturday Night e The Horror in the Swamp, as histórias se destacam pela atenção aos detalhes. Além disso, nelas já estão presentes temas como a transitoriedade da vida e a busca por amor e aceitação.

Truman Capote morreu em 1984, aos 59 anos. Ele deixou um livro pela metade, chamado Answered Prayers. Uma pequena parte do romance foi publicada em 2012, mas Capote falava sobre outros fragmentos, que nunca foram encontrados.

Tudo o que sabemos sobre:
Truman CapoteLiteratura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.