Sony Pictures
Sony Pictures

Ciclo de debates no Sesc aborda várias facetas da ficção científica

Encontros traçam paralelos entre filmes e livros nacionais e internacionais

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2021 | 17h31

O ciclo de debates Encontros para transformar o fim do mundo, promovido pelo Sesc Avenida Paulista, traz reflexões sobre o mundo contemporâneo balizada por livros e filmes nacionais e internacionais de ficção científica.

Os encontros, que ocorrem em junho, pouco depois de um curso sobre a história do gênero, ministrado por Kim Doria, Claudia Fusco, Ana Rüsche e Kênia Freitas, são gratuitos e abertos ao público.

Obras brasileiras que flertam com a ficção científica, como os filmes Branco Sai, Preto Fica, de Adirley Queirós, e Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, serão colocadas em perspectiva com outras obras, livros e filmes de Denis Villeneuve, Ursula K. Le Guin, Octavia Butler e China Miéville.

O intuito dos encontros é, além de traçar um paralelo entre as obras comparadas, fazer reflexões sobre a contemporaneidade e tentar imaginar futuros possíveis para o mundo real.

As conversas acontecem de 9 a 30 de junho de 2021, às quartas-feiras, das 20h às 22h, transmitidas pelo canal do Sesc Avenida Paulista no YouTube.

Confira a programação:

09/06 - Branco sai, preto fica (Adirley Queirós, 2014) e A parábola do semeador, de  Octavia Butler 

Com Anne Quiangala e Camilla Dias 

Mediação de Ana Meira 

16/06 - Ela (Spike Jonze, 2013) e Estação Perdido, de China Miéville Com Isabel Wittmann e Vic Vieira 

Mediação de Aline Valek 

23/06 - A chegada (Denis Villeneuve, 2016) e Os despossuídos, de Ursula K. Le Guin Com Cecilia Farias e Sabrina Fernandes  

Mediação de Isa Souza 

30/06 - Bacurau (Kleber Mendonça Filho, Juliano Dornelles, 2019) e A quinta estação, de  N.K. Jemisin 

Com Helena Silvestre e Mayara Barbosa 

Mediação de Marina Gouvêa 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.