Oficina Tipográfica de São Paulo
Oficina Tipográfica de São Paulo

Casa do Papel revela artistas selecionados para residência gráfica na Flip

Grupo fará um livro de Lima Barreto no espaço que terá, ainda, oficinas, debates e lançamentos

Maria Fernanda Rodrigues, O Estado de S. Paulo

11 de julho de 2017 | 05h00

Iniciativa inédita, a residência gráfica que será realizada pela Casa do Papel no período da Festa Literária Internacional de Paraty, entre os dias 26 e 30, já escolheu seus quatro artistas. 

São eles: Daniela Avelar, artista visual e pesquisadora, de São Paulo; Henrique Martins, arquiteto e designer gráfico, de Curitiba; João Montanaro, ilustrador e quadrinista, de São Paulo; e Vânia Medeiros, artista visual e editora independente da Bahia, mas que vive aqui.

As inscrições ficaram abertas durante uma semana e mais de 200 artistas se candidataram a uma das vagas. Os selecionados passarão cinco dias na casa e, sob a coordenação de Gustavo Piqueira, farão um livro com crônicas de Lima Barreto, o escritor homenageado desta edição do festival. Da concepção do volume à encadernação, tudo será feito na casa, que hospedará os artistas. O lançamento será no último dia do evento.

Outros lançamentos serão feitos ali. No sábado, por exemplo, haverá sessão de autógrafos com Paloma Vidal (Ensaio de Voo), Natalia Borges Polesso (Amora) e Yuri Pires (A Pedra).

A Casa do Papel é uma iniciativa da editora Lote 42 em parceria com a fabricante italiana de papel Fedrigoni, a Associação Brasileira de Encadernação e Restauro e o Istituto Europeo. 

A programação é vasta e inclui oficinas gratuitas – para crianças, inclusive – no período da manhã, com inscrições prévias. Entre os temas, encadernação, xilogravura, design de livros e editoração.

Nas tardes, serão realizados lançamentos de livros, conversas, distribuição de zine e o que os organizadores estão chamando de experiências gráficas: impressores, encadernadores e designers estarão à disposição do público para ensinar técnicas de serigrafia, tipografia, encadernação e carimbos. Para essa atividade, não é preciso se inscrever antes.

À noite, o público poderá assistir a documentários, como Massao Ohno: Poesia Presente, além de shows de Daniel Medina, Felipe Antunes e Luiz Gabriel Lopes.

Também será possível ver uma versão pocket da exposição Primeiras Impressões – O Nascimento da Cultura Impressa e Sua Influência na Criação da Imagem do Brasil, de Gustavo Piqueira – a versão completa está no Museu da Casa Brasileira.

Tudo o que sabemos sobre:
FlipMercado EditorialDesign Gráfico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.