Acervo Estadão
Acervo Estadão

Carolina Maria de Jesus é lembrada por Zezé Motta e Marcelino Freire em São Paulo

A atriz e cantora Zezé Motta, que interpretou a escritora Carolina Maria de Jesus em um curta, participa de bate-papo com Marcelino Freire nesta quinta-feira, 9, no Sesc Avenida Paulista

Redação, O Estado de S. Paulo

09 de maio de 2019 | 09h00

Autora de Quarto de Despejo – Diário de Uma Favelada (1960), Carolina Maria de Jesus (1914-1977) é tema do projeto Grandes Leituras nesta quinta-feira, 9, às 19h, na biblioteca do Sesc Avenida Paulista (Avenida Paulista, 119). 

Com mediação do escritor Marcelino Freire, a atriz e cantora Zezé Motta, que interpretou a escritora no curta Carolina, de Jeferson D, fala sobre ela e sua obra. A entrada é gratuita e não é necessário retirar senha antes.

Catadora de papel, Carolina Maria de Jesus foi descoberta pelo jornalista Audálio Dantas durante uma reportagem na favela do Canindé, em São Paulo, em 1958. Dois anos depois, com a ajuda dele, publicou sua obra mais famosa, Quarto de Despejo - leitura obrigatória nos últimos anos em diversos vestibulares e traduzida para diversas línguas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.