Katy Winn/AP - 9.10.2009
Katy Winn/AP - 9.10.2009

Billy Idol promete 'drogas, álcool e mulheres' em autobiografia

Billy Idol chegou à fama na época do punk rock como vocalista da banda Generation X

Belinda Goldsmith, Reuters Life!

08 de outubro de 2010 | 11h53

O roqueiro punk britânico Billy Idol está escrevendo uma autobiografia e promete não esconder detalhes sobre drogas, bebidas e mulheres.

Idol disse que ele mesmo vai escrever seu livro de memórias, "Dancing With Myself" - o título é o mesmo de um single de sucesso dele dos anos 1980 -, que será lançado no final de 2011 ou início de 2012 pela editora Touchstone, uma divisão da Simon & Schuster.

"A vida me deu uma chave de ouro quando eu me apaixonei pelo rock'n'roll", disse Idol em comunicado em seu site na Internet.

"O mundo se abriu à minha frente, com todas suas boas oportunidades, mas também todas as tentações possíveis - drogas, álcool, mulheres, excessos 24 horas por dia. Mas é preciso compor boas canções para sobreviver. A vida tinha que ser vivida, para fazer tudo isso."

Idol, que tem 54 anos, disse que vai escrever sobre tudo.

"Vou me expor completamente", acrescentou.

Billy Idol chegou à fama na época do punk rock como vocalista da banda Generation X. Em 1981 ele se lançou em carreira solo, com sucessos como "White Wedding" e "Rebel Yell" e continuou a fazer turnês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.